domingo, 8 de agosto de 2010

"A Vida Do Outro" - Thiago Braga



Anotações Para Um amigo De Exílio:

Cansou, da doçura, da delicadeza, de si mesmo. Fechou as portas, apagou as luzes, quebrou espelhos, pratos e copos. Em meio a pedaços ficou, numa cadeira pequena, numa casa grande, por dias, semanas, talvez meses ou anos. Pensou em paraísos artificiais, ilusões açucaradas. Mas só resistiu o pó do que um dia foi pedaço.
Se libertou, foi capaz de atos corajosos; saiu correndo pelas ruas, fez barbaridades em nome do nada, bateu em portas desconhecidas, beijou bocas amargas, contou mentiras, inventou verdades, se enganou, acertou.
É livre, o mundo cabe entre seus lábios, agora pode morrer e nascer outra vez.


Thiago Braga um virginiano observador, cauteloso, zeloso. Cozinheiro de mão-cheia. Para ele a amizade é algo que ultrapassa o sagrado. Moramos juntos em um tempo em que até o nada era compartilhado, em que só estar junto não bastava. Com o Thiago eu aprendi a dizer "bom dia" e a deseja boa noite. E tínhamos noites longas, tempestuosas, cheia de risos. Meu mais fiel amigo, o irmão mais velho que eu não tive. Thiago é aquele que tem a chave do meu baú de alegrias, tristezas, maldades... Como bom virginiano, sabe guardar essa chave. Poderíamos ficar anos sem nos vermos, continuaríamos a nos gostar, partilhamos do mesmo princípio de que amigo não se escolhe. Lindo e único!


Música do Thiago



video


Petra Magoni - Eleonor Rigby (Beatles)

IMPRESSÕES DEIXADAS


Filme: Closer, Perto Demais

Livro: Cem Anos De solidão - Gabriel Garcia Marques

Cor: Azul (Sempre Azul!!!)

Roupa: As Roupas E As Armas De Jorge

Comida: Sanduíche Natural De Atum E Chá Mate Gelado

Robby: Pintar Os Cabelos

Mania: Sumir De Mim



Carta do Thiago



O Eremita

E o tempo vai chegando como um ladrão, sem data certa de chegar...

Nenhum comentário: