domingo, 26 de setembro de 2010

Ponta de Punhal


Quero tudo que é estilete/faca/lâmina/metal/tudo que espete/fira/brilhe/faça  mal/Quero tudo que golpeia/o que sabe ser curel/o que vê perspícuo e melhor/as almas quando odeia/Quero o corte exato e preciso/pra arrancar do centro/do cerne/do fundo da carne/Quero gritar/uivar/mudar o mundo/e gerar e acumular e destilar veneno/de dentro do coração.

Bruna Lombardi

5 comentários:

Mente Hiperativa disse...

Nossa... Quanto... Quanta... VONTADE!

Sil.. disse...

Bruna, maravilhosaaaaaaaaaa!!!

Beijoooo!

Mente Hiperativa disse...

Deixei rastros é? KKKKKKKKKKKK
Vai anotando aí na minha ficha que quando a gente conversar você me diz.

Abraço

Silene Neves disse...

Oi Dario...

Gosto tanto de suas visitas que vim agradecer!

"Quero tudo que corte!" Dario... queria cortar a distancia, a saudade... esfaquear meu próprio peito para matar o amor que tenho! Sem resposta, sozinho, desfeito!

Deixo beijo
Com carinho
Sil

PauloMitchell disse...

Tudo devia ser possível.