sábado, 18 de setembro de 2010

Que Seja Doce...

Do Amor - Tulipa Ruiz
O meu amor sai de trem por aí
e vai vagando degavar para ver quem chegou
O meu amor corre devagar, anda no seu tempo
que passa de vez em vento
Como uma história que inventa o seu fim
quero inventar um você para mim
Vai ser melhor quando te conhecer

Olho no olho
e flor no jardim
Flor, amor
Vento devagar
vem, vai, vem mais


Um comentário:

Malu disse...

Oi , Dario !

E que tudo te seja sempre doce ...
Bjo Grande .