sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Tentativa de construção de um conto

Escorpião Vermelho - 1ª Parte
 
Estou aqui, você pode não me entender, me ver, me sentir, mas estou aqui, você tem que me ver. Sou insistente, te procuro em todos lugares, pelas ruas, praças, esquinas, sigo teus passos pela cidade. Você finge não notar a minha existência, eu existo, sou de carne e sangue, mais sangue do que carne, me corto na tua frente na tentativa de existir, meu sangue jorra, espirra no teu rosto e você é só indiferença. Em todas as bocas que beijo procuro você, Crio fantasias dentro de mim, invento mentiras, espalho boatos sobre nós. No meu mundo somos só você e eu, nele você me toca, beija minha nuca, alisa meu cabelo, toca meu sexo e me chama de meu amor. Uma hora você vai ter que olhar para mim, nem que seja para me dar um soco ou me matar.

8 comentários:

Sil.. disse...

Eu tbm to no aguardo com o Franck!!!

Bjão,meu querido!

Silene Neves disse...

Dario...

Estou arrepiada!!!

Por tudo que passei essa semana ( e que estou passando ainda) quisera eu ter escrito isso! Por ser muito ou tudo do que sinto nesse momento!!!

Agradeço as visitas que tem me feito com tanto carinho (me sinto bem com isso!)... gosto de ti... gosto daqui... e preciso desse lugar que você criou e cria com tanta coragem e intensidade...!Que eu não teria coragem de revelar, como você o faz tão bem!

Deixo meu beijo Querido Amigo!!!
Sil
Lindo fim de semana!!!

Malu disse...

Parabéns , Dario !

Belo texto , denso , cheio de vida e emoção.
Adorei muitooooo.

Bjo Grande e uma Noite Cheia de Paz.

Silene Neves disse...

Grata pelo carinho vindo de ti...

Me faz bem...

Beijo
Sil

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Dario
Já tentou ignorar? Costuma dar bons resultados.
Obs: sou um menino mau rsrsrs
Bom fimde
Bjux

Culto Diferente disse...

Intenso.
Gostei bastante, espero que sua "tentativa" não seja frustrada, pelo começo já percebo que será um sucesso e irá superar expectativas.
Obrigado por seguir @poetizando e o Blog Culto Diferente.

Abraço,

Diu Mota disse...

Pronto. Desabafo é indispensável.
um ótimo finde...mais aliviado.

inté

Mente Hiperativa disse...

Realmente a indiferença é O PIOR, prefiro que me mate, como você mesmo disse, ou que me bata, mas que tenha alguma reação, pelo menos assim eu sei que ainda desperto alguma emoção naquela pessoa.

Nesse momento eu sei que tem alguem exigindo de mim uma postura, eu sei, por sinal vamos conversar jajá, ams eu não vou ficar indiferente. É difícil, eu sei, mas vou ser bem duro, direto, acho melhor botar sal na ferida do que ser indiferente. Sal dói mas cura.