quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Imagem Repetida

Hoje cedo acordei pensando nas desventuras que a vida nos proporciona, nos primeiros dez minutos me bateu um estado de melancolia intensa, mas resolvi sair da rotina dos dias cinzas e frios de uma cidade clara e quente, prefiro um ressaca braba ao ter que me submeter aos meus devaneios de homem errante, tentei ler tentei meditar, tentei a paixão por um desconhecido que passava na rua, não resolvia... Alias nunca resolve, comecei a fazer uma faxina, mas uma faxina mesmo, no sentido literal da palavra, não tem nada de transcendental ou espiritual ou qualquer energia que não parta de mim mesmo, a agilidade tomou conta do meu corpo de maneira tal que não consegui parar, não conseguia se quer pensar ou comer, a limpeza esta no que vejo diante dos meus olhos, nunca tinha me sentido tão limpo ao me deparar com um espelho num dia claro-cinza quente frio e ainda sinto...

4 comentários:

Bruniele Souza disse...

Sinta esse momento...sinta como ele está cuidando do seu ser! :D
Que essa melancolia possa gerar em você sua própria imagem mais nítida do que nunca!
bjão

Anônimo disse...

bom te ler!

Felipe Damasceno disse...

Precisamos de uma grande limpeza em nossas vidas. Precisamos começar a ser.

Ser as guei babadp que somos
Grandes criadores bee

Nathalia Lins ੴ disse...

Adorei e adoro seus textos.