segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Amor Líquido - Leitura


E assim é numa cultura consumista como a nossa, que favorece o produto pronto para uso imediato, o prazer passageiro, a satisfação instantânea, resultados que não exijam esforços prolongados, receitas testadas, garantias de seguro total e devolução do dinheiro. A promessa de aprender a arte de amar é a oferta (falsa, enganosa, mas que se deseja ardentemente que seja verdadeira) de construir a “experiência amorosa” à semelhança de outras mercadorias, que fascinam e seduzem exibindo todas essas características e prometem desejo sem ansiedade, esforço sem suor e resultados sem esforço. Sem humildade e coragem não há amor. Essas duas qualidades são exigidas, em escalas enormes e contínuas, quando se ingressa numa terra inexplorada e não-mapeada. E é esse território que o amor conduz ao se instalar entre dois ou mais seres humanos.

Zigmunt Bauman

7 comentários:

Malu disse...

Excelente testo , Dario .


Amor não é mercadoria , não tem fórmulas mágicas, não tem preço , não tem espaço pra vaidades ...
Há que se ter Coragem e Humildade
sempre, não só no Amor, mas na Vida.


BjO Grande.

Silene Neves disse...

Dario

Vir aqui é libertador sabia!?! Me sinto a vontade nessa linguagem tão forte que predomina nesse seu mundo quase impróprio para mim e completamente proibido para os fracos...!

Gosto dessa maneira intensa e verdadeira que a vida possui aqui, bem o meu estilo, bem a minha cara!
Já lhe disse uma vez: não sou amante do óbvio, mesmo parecendo uma pessoa comum, o que me habita não é tão comum assim! ( acho que vou colocar essa frase no meu perfil!rs)

Beijo-te intensamente nessa noite linda!

Sil
Sempre aqui

Silene Neves disse...

Dario Querido

Não há esforço nenhum em gostar de ti... e sim uma sensação maravilhosa de "satisfação dos meus sentidos" e isso meu caro é "raro" de se viver!!!

Linda noite
Deixo beijo
Sil
Sempre aqui

Franck disse...

Eu quero um amor liquído solido e gasoso...pq não?
Uma terça boa! Bj*

Mente Hiperativa disse...

Eu li 'cultura comunista', já ia comentar: 'não seria CAPITALISTA?'

kkkk

Mas eh CONSUMISTA! Gostei do texto!

Silene Neves disse...

Dario...

Como pode reconhecer-me assim tão bem?!? Adoro quando alguém ouve o meu coração...!

Quanto ao convite... já estou chegando aí... pode sentir?!?

Deixo beijo doce nesse dia de sol, ardendo os olhos e o coração.

Sil
Sempre aqui

Priscilla Marfori... disse...

Só posso dizer que coisas tão belas de se ler, provocam mais que o entendimento da leitura, faz o coração e os pensamentos mais profundos, escaparem mais que depressa ás alturas...
Priscilla Marfori.

Belo blog, grande abraço.