domingo, 3 de outubro de 2010

Escorpião Vermelho - 2ª parte


Quero ser, quero ter, te ter, te esperar, te encontrar e falar sobre meu dia, dia longo de momentos rápidos, tortuosos, prazerosos, passaram em um piscar de olhos, o doce sabor de pudim de leite ainda permanece em minha boca, você mora em minha boca, eu em tua boca, sabor de vida, vida que passa, passa por aqui, por ai, passa por todos os lugares do mundo. O vento que venta ai passa por aqui, estou na esperança que ele traga o teu cheiro.
Não sangro mais, Hoje estou leve, sou um punhado de plumas, sou o espaço e você o ar, você mora em mim, na minha cabeça eu viajo de ultraleve na tua mente, você viaja de jipe no meu corpo, trilha caminhos nunca habitados nele você tem residência fixa, que seja intransferível, Hoje estou sem palavras, elas pularam da minha boca, caminham rumo ao desconhecido, não querem voltar, estou esperando o dia acabar, tenho esperança que voltem. Enquanto isso penso na vida, penso na minha vida, penso na vida do outro que esta lá longe, talvez perdido, talvez achado, talvez a espera em um deserto entre areia e água, mais areia que água. Vou esperar as palavras voltarem, resignado e paciente, quando elas voltarem, voltarei a ser.
 Dentro de mim mora um vulcão adormecido há séculos, prestes a acordar. Te encontro na rua, em uma esquina ou na praça para fumar o último cigarro de hoje, mentira, ao chegar em casa pensarei e você e fumarei outra vez.


8 comentários:

Silene Neves disse...

Dario...

Que bom ler vc antes que essa noite se vá por completo...

Esse "conto" está se tornando intensamente belo...!

Linda noite!!!
Beijo-te
Sil
Sempre aqui

Malu disse...

Dario !!!

Que MÁXIMO esse teu texto !
Ameiiiiiiiiiii de Paixãooooo ...
Lindo , intenso , vibrante , apaixonadamente apaixonado .

Parabéns !!!

Tá tudo aí , não faltou nada !


Obrigada por seu carinho e suas palavras sempre tão amigas e carinhosas ...


BjãO , Noite Linda e Semana mais que Doce é o que te desejo. :)

Franck disse...

Que seja doce...ou agridoce...e se o último cigarro acabar vamos procurar um bar na praia e aproveitar e vê o sol nascer?
Um bj e uma boa semana!

Silene Neves disse...

Dario

rs

Você é encantador!!!

Publiquei algo... e acredite é vermelho!!! rs

Vão lá?!?

Beijo
Sil
Sempre aqui

Sil.. disse...

Dario,

E se o último cigarro acabar, a gente compra mais um maço, que tal?


Eu fico babandooooooo nos seus textos.

Tu nasceu pronto!

Beijooooooooo meu!

Vivian disse...

...gostei do pudim de leite
adoçando as palavras.

bjbj

Wanderley Elian Lima disse...

Quando esse vulcão entrar em erupção, muitos sentimentos vão aflorar, e aí, faltaram palavras para explicar tanto encantamento.
Grande abraço

Beduíno Web disse...

Caramba Dariurtz, que profundo!!!